FANDOM


http://img138.imageshack.us/img138/4191/palaciofederal2.jpg
Visão frontal do Palácio Federal

O Palácio Federal é a residência oficial e principal local de trabalho do Presidente da Federação Unida de Scream_off. O Palácio Federal é um marco no poder executivo do Governo Federal dado que a maioria dos assistentes e trabalhadores directos do Presidente se encontram a trabalhar no local. O Palácio Federal alberga ainda as reuniões do Gabinete Federal e do Conselho de Segurança Nacional. Além do Presidente, o Vice-Presidente utiliza o Palácio Federal como local de trabalho, embora não seja a sua residência oficial. A construção do Palácio Federal foi concluída em 1682, chamando-se na altura de Palácio Imperial. O edifício e o parque envolvente estão situados a cerca de 15km do centro de Águas Santas, na altura da construção era uma zona rural.


HistóriaEditar

Casa de CampoEditar

250px-Versailles_Chapel_-_July_2006_edit.jpg
A exuberância do palácio

A zona de Versailles começou a ser utilizada em 1038 como retiro de campo do Imperador Zig. Com o passar de gerações, vários foram os Imperadores que continuaram a usar o lugar, havendo dezenas de castelos. Por volta de 1662, o Imperador Zanio passava mais tempo na sua casa em Versailles que no Palácio dos Imperadores em Águas Santas.

A construçãoEditar

Em 1662 Zanio anunciou a sua intenção de construir o maior palácio já visto no Império. Na realidade, Zanio queria de facto sair de Águas Santas, uma cidade cada vez maior, cheia de tumultos, desordem e doença. Em Versailles o Imperador tinha paz e segurança. Frederico Patrocínio, fiel amigo do Imperador e reconhecido arquitecto projectou o palácio e as obras arrancaram dois anos mais tarde. Desdo final da construção até 1945, o Palácio Imperial foi a residência oficial dos Imperadores, no entanto, com a instituição do fascismo pelo Imperador Zeferino, isso terminou. Zeferino voltou para o centro de Águas Santas.

A FederaçãoEditar

Com a tomada de posse do Imperador Zé, a situação teve uma enorme reviravolta. Zé queria voltar ao antigo palácio dos seus antepassados. No entanto, o Palácio Imperial nutria de grandes faltas. Desde 1945 que estava praticamente abandonado, e não sofria obras desde 1879. A juntar a isto, estavam 50 vertiginosos anos de evolução industrial e principalmente tecnologia. Um enorme plano de reconstrução foi montado, para trazer modernidade, segurança e conforto. Porem, o preço a pagar era enorme e foi então que o Imperador Zé tomou uma decisão. Grande parte dos adornos dos interiores do Palácio foram vendidos. Surpreendentemente, mais tarde veio-se a saber que não eram apenas as razoes financeiras que levaram a esta decisão do então Imperador. Zé, não queria mais ligar o seu lugar, e o futuro lugar de Presidente, a uma vida de luxos exagerados. Assim, grande parte dos luxos "visuais" foram retirados e de seguida vendidos. Com a remodelação veio a informatização. Agora todos os serviços estavam informatizados, colocaram-se grandes monitores por todo o lado e é comum ver-se passar os assistentes com blocos de notas informáticos.


SalasEditar

Sala OvalEditar

http://img688.imageshack.us/img688/1483/400pxovalofficefromabov.jpg
Sala Oval

A Sala Oval é o escritório oficial do Presidente. Está localizada na Ala Oeste do Palácio Federal. A sala tem um formato peculiar, é completamente oval, daí a origem do seu nome. A sala foi construída especialmente a pedido do então Imperador Zé. A sala é normalmente utilizada pelo Presidente para fazer os seus trabalhos pessoais ou encontros com os membros do seu staff mais próximo.

Sala de SituaçõesEditar

A Sala de Situações do Palácio Federal é gerido pelo staff do Conselho de Segurança Nacional. A sala está posicionada a 50m abaixo da sala oval, tendo uma ligação directa por elevador. A sala serve para reuniões de emergência do Presidente, onde este poderá monitorar e gerir crises internas e externas. A sala de situações é também dotada de segurança nuclear.

http://img20.imageshack.us/img20/62/teamvideo.jpg
Sala de Situações












JardinsEditar

http://img819.imageshack.us/img819/4980/300pxgardeninversailles.jpg
Visão do jardim frontal a partir do interior do Palácio

Os jardins do Palácio contêm um dos maiores jardins desenhados existentes, com dezenas de canais e fontes. No entanto, os jardins têm diminuindo ao longo dos tempos. Dentro do próprio terreno do Palácio, o aumento do palácio levou à perda de vários hectares de área verde. No entanto, o maior perigo destes jardins é o crescimento de Águas Santas. Esse crescimento tem sido exponencial, o que obrigou a que o governo tenha vendido vários dos terrenos envolventes do palácio, na maioria zona florestal. Em torno dos terrenos do palácio estão agora erguidos dezenas de edifícios de habitação, mas também edifícios da administração federal.



SegurançaEditar

http://img202.imageshack.us/img202/8427/180pxrooftop.jpg
Agentes do Convénio no telhado do Palácio

Sendo a residência oficial do Presidente da FUS e o principal lugar de trabalho, o Palácio Federal está dotado das melhores e mais recentes tecnologias para que a segurança esteja assegurada. O edifício está protegido contra explosões exteriores, mísseis terra-ar e terra-terra, assim como de disparos de snipers para dentro do edifício, devido aos vidros blindados. O Palácio está ainda dotado de mísseis terra-ar, prontos a disparar em caso de algum objecto voador transgredir o espaço aéreo do palácio (3km de raio). Internamente, todos os trabalhadores do palácio são submetidos a criteriosas investigações até serem aceites dentro do palácio, principalmente sobre o seu historial e família. À entrada, todos os trabalhadores são cautelosamente revistados. Todo o correio entregue atravessa diversas máquinas de detecção de explosivos ou compostos biológicos. A área circundante é protegida por detectores de movimento, sensores e câmaras de vigilância. Grande parte das capacidades de segurança do Palácio Federal são ainda secretas. Conhecida é a existência de um bunker com capacidade de defesa nuclear, por baixo do edifício principal. O Palácio é protegido pela Unidade Convénio, do Serviço de Protecção Federal.